Pós Bariátrica

19809939_sO QUE É?

Dentre os tratamentos pós obesidades, estão as cirurgias plásticas, que complementam o tratamento, retirando excessos de pele e gordura, o que proporciona melhor equilíbrio corporal e, conseqüentemente, melhoram a auto-estima e a qualidade de vida dos pacientes.

Melhore a aparência com a cirurgia de contorno corporal

Após a cirurgia de redução de peso, ou qualquer perda substancial de peso, a pele e os tecidos, muitas vezes, não têm elasticidade e podem não estar em conformidade com o tamanho reduzido do corpo. Como resultado, a pele, que foi severamente estendida, agora não tem sustentação:

• Os braços ficam flácidos,
• As mamas podem achatar e ficar com mamilos apontados para baixo,
• O abdômen pode se estender nas laterais e na zona inferior das costas, o que resulta em uma saliência semelhante a um avental,
• As nádegas, a virilha e as coxas podem apresentar flacidez, ocasionando bolsas suspensas de pele.

A intervenção cirúrgica de contorno corporal, após grande perda de peso, melhora a forma e o tônus do tecido subjacente, que sustenta gordura e pele, e remove o excesso de gordura e flacidez da pele. O resultado é uma aparência mais normal do corpo, com contornos suaves. Esta é, em essência, a fase final do processo de perda de peso.

 

Cirurgias

Abdominoplastia – Dermolipectomia abdominal

Lifting Crural e Braquial – Cirurgia de coxas e braços

Mastopexia – Levantamento mamário

 

Quem pode fazer

  • Pacientes que completaram 1 ano de cirurgia bariátrica;
  • Que perderam mais que 75% do excesso de peso avaliado antes da cirurgia;
  • Que estejam em estabilidade de peso há, pelo menos, 18 meses;
  • Que estejam em bom estado de saúde

 

Exames necessários

Avaliação clínica e nutricional

Avaliação cardiológica – risco cirúrgico

 

Recomendações importantes

  • Reeducação alimentar
  • Alimentação fracionada e de menor volume
  • Evitar ingestão de alimentos com gordura saturada
  • Evitar ingestão de bebidas alcoólicas
  • Beber líquido com freqüência
  • Realizar atividade física frequentemente.

 

Principais informações

  • Duração da cirurgia: 2h30 cada em média para cada procedimento realizado.
  • Tempo de internação: 1 a 2 dias.
  • Tempo médio de recuperação:
    Abdome: 15 a 20 dias;
    Mama: 30 dias;
    Membros: 30 dias.
  • Uso de cintas elásticas durante 30 dias.
  • Próteses de Mama poderão ser necessárias para devolução do volume mamário.
  • Drenos de aspiração podem ser utilizados (retirada na primeira consulta pós-operatória).
  • É possível a realização das cirurgias associadas, porém, apenas a avaliação médica mostrará a indicação e necessidade dos procedimentos.
  • A cicatriz de braquioplastia na maioria das vezes é de padrão ruim e antiestética, por isso é necessária a conversa com o cirurgião, antes do procedimento.
  • Anestesia local e sedação ou peridural com sedação ou anestesia geral.

 

Avaliação nutricional

Avaliação nutricional é muito importante para que o paciente que se submeta à plástica pós obesidade tenha uma boa recuperação e cicatrização adequadas. Isto ocorre, pois o ex-obeso pode necessitar de maior ingestão de proteínas para se ter uma boa recuperação cirúrgica, entre outros suplementos recomendados. Por este motivo é importante a avaliação multidisciplinar de cada paciente.

 

Abdominoplastia – Cirurgia do Abdome

 Após a perda e estabilização do peso, algumas mudanças no corpo não podem ser alcançadas com a prática de atividades físicas. É o caso do excesso de pele nos braços, mamas, abdomen, coxas e outras regiões. Para estes casos é indicada a cirurgia plástica pós obesidade pode retirar o excesso de pele e remodelar o corpo.

 

Lifting crural e braquial – cirurgia das coxas e braços

A dermolipectomia nessas regiões, é indicada em paciente com flacidez significativa de pele nos braços e coxas. Em pacientes com excesso de gordura, a lipoaspiração pode oferecer excelentes resultados graças à grande capacidade de retração da pele nesta região.

A remoção dos excessos de pele e de gordura da região inferior dos braços melhora o contorno local significativamente.

Mastopexia – Levantamento mamário

A mastopexia reposiciona a aréola e o tecido mamário, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido para compor o novo contorno da mama.

 

Recomendações

  • Evite tomar aspirina ou remédios contendo AAS (ácido acetil salicílico) e vitamina E, pelo menos nas duas semanas que antecedem à cirurgia, pois poderá interferir no processo de coagulação. Isto inclui Ginko-Biloba.
  • Evite todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos.
  • Evite tomar ou usar substâncias tóxicas ou drogas nas duas semanas antecedentes a cirurgia.
  • Não fume nos 15 dias que antecedem a cirurgia e nas duas semanas de pós-operatório, pois poderá haver retardo da cicatrização.
  • Providencie acompanhante para contato e para a alta da clínica (nome e telefone).
  • Comunique ao médico se tiver episódio de erupção de qualquer tipo de herpes.
  • Não se exceda em exercícios físicos, alimentos e não tome bebidas alcoólicas.
  • A menstruação não é impedimento à sua cirurgia, mas de preferência programe-a para fora do período menstrual.
  • Recomendamos usar roupa de algodão no dia da cirurgia.
  • Comunique qualquer sinal de resfriado, conjuntivite, herpes ou infecções que surgirem na semana anterior à cirurgia. Nestes casos, o procedimento cirúrgico deverá ser transferido até a resolução do processo infeccioso.
  • Não fumar por 30 dias antecedentes à cirurgia.

 

Na Noite Véspera da Cirurgia

  • Tome banho geral usando sabonete anti-séptico (Sabofen ou similar). Lave com especial atenção as regiões que vão ser operadas.
  • Depile as axilas ou os pêlos pubianos com cuidado, evitando ferimentos ou arranhões.
  • Alimentação leve até meia-noite.
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas na véspera da cirurgia.
  • Observar jejum total de 8 horas antes da cirurgia, inclusive água, cafezinho, balas e refrigerantes.
  • Não se depilar.
  • Jejum de 10 horas.

No Dia da Cirurgia

  • Tome banho geral usando sabonete neutro com atenção especial para as regiões que irão ser operadas.
  • Chegue à Clínica ou Hospital no horário marcado.
  • Não se esqueça de levar para a clínica ou hospital os seus exames pré-operatórios e o modelador recomendado pelo cirurgião.
  • Tome somente a medicação prescrita.
  • Não use cremes ou maquiagem e deixe pelo menos uma unha sem esmalte ou base.
  • Venha com roupas confortáveis e folgadas, pois serão usadas por ocasião da alta.
  • Traga uma pequena bolsa com objetos de uso pessoal.
  • Não traga jóias ou objetos de valor.
  • Ao chegar à Clínica ou Hospital, comunique na recepção o nome e o telefone do familiar ou acompanhante que virá buscá-la (o).

 

Orientações pós-operatórias

  • Mantenha repouso relativo nos 7 primeiros dias.
  • Não tire o modelador ou molhe o curativo neste período.
  • Evite esforços por 14 dias.
  • Siga rigorosamente a prescrição médica.
  • Salvo em casos especiais, alimentação livre a partir do segundo dia, principalmente à base de proteínas (carnes, leite, ovos) e vitaminas (frutas).
  • Podem aparecer coleções liquidas (seromas – hematomas) abaixo da pele que precisam ser retiradas (procedimento ambulatorial).
  • É fundamental a massagem nas panturrilhas e exercícios físicos de membros inferiores para evitar trombose e embolia.
  • Volte ao consultório para curativos subseqüentes e controle pós-operatório nos dias e horários estipulados.
  • Após a retirada dos pontos, permaneça com o curativo de micropore por mais duas semanas.
  • Em caso de pacientes muito obesos, poderá ocorrer, após o 8° dia, a eliminação de certa quantidade de líquido amarelado ou sanguinolento, por um ou mais pontos da cicatriz. Não se preocupe, porque se isto lhe ocorrer não significa complicação.
  • Uma vez retirado o curativo, faça massagem nas cicatrizes com o creme receitado pelo médico durante 3 meses.
  • Não dirija antes de 3 semanas.
  • Não utilize outros analgésicos além dos recomendados.
  • Provavelmente você estará se sentindo tão bem a ponto de esquecer-se que fez cirurgia recentemente. Cuidado! Esta euforia pode levar a esforços prematuros que poderá determinar certos transtornos.
  • A exposição ao sol pode ser feita após 30 dias gradativamente.
  • Os exercícios físicos moderados podem ser iniciados após 30 dias.
  • Natação, vôlei e musculação após 90 dias.
  • Aguarde para fazer sua “dieta ou regime de emagrecimento”, após a liberação médica. A antecipação desta conduta por conta própria, poderá determinar conseqüências difíceis de serem sanadas.
  • Não se esqueça de seguir rigorosamente os dias e horários para aplicação de injeção contra trombose e embolia, quando prescrito pelo médico, para o pós-operatório.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS – POR FAVOR, LEIA ATENTAMENTE

Após as explicações supracitadas, esclarecemos que em cirurgia plástica não há promessa de resultados o que, eticamente, não fazemos.

Sua cirurgia será realizada segundo técnicas cirúrgicas consagradas e publicadas cientificamente. Nossa Equipe fará o possível para garantir a qualidade do serviço e seu bem estar, porém frisamos que não prometeremos resultados, uma vez que a própria medicina não é uma ciência exata e dependeremos da sua reação orgânica pós cirúrgica para o alcance de nossos objetivos.

MUITO IMPORTANTE: É comum que suas expectativas em relação à cirurgia plástica sejam maiores que os resultados obtidos, mas lembre-se que as alterações em seu corpo tornam limitadas as possibilidades da cirurgia e que ela é realizada por cirurgiões que também possuem limitações humanas.

3 Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Website Field Is Optional

//Custom Script